domingo, 11 de maio de 2014

TAG: Livros Que Falam de Livros

Hoje trago mais uma TAG que me foi passada pela Cristina do blog Lots of Books and Other Things (muito obrigada!) e que foi criada pela Jojo.

O objetivo consiste essencialmente em:
  • Enumerar 6 livros que tenhamos lido que falem sobre livros
  • Referir um livro que queiramos ler e que fale sobre livros
 Então muito bem, os seis livros que li são:

La Sombra del Viento de Carlos Ruiz Zafón



 
Acho que é cada vez mais difícil para mim responder a uma TAG sem incluir este livro. Tão tão tão bom e sim, fala sobre livros. Aliás, uma das coisas que mais me cativa nesta história é precisamente a forma como aborda temas como livros, leitura e a relação do leitor com os livros.

A Rapariga Que Roubava Livros de Markus Zusak



Outro grande livro onde os livros e a leitura assumem um grande destaque. Gostei bastante desta história e da forma como os livros foram tão importantes para o desenvolvimento da história e das personagens.

The Perks of Being a Wallflower de Stephen Chbosky


Nesta história, Charlie vai lendo uma série de livros recomendados pelo seu professor de Inglês. A sua escolha não é aleatória, sendo que cada um deles possui uma mensagem bastante importante e relacionam-se bastante bem com o desenvolvimento de Charlie. De certa forma, são uma espécie de barómetro do crescimento da personagem. Gostei bastante desta característica do livro porque dava a sensação que Charlie crescia um pouco mais depois de ler cada uma das obras indicadas pelo seu professor.

O Caso Jane Eyre de Jasper Fforde



Um livro com um conceito bastante interessante e que se refere à possibilidade de um leitor entrar na própria história que está a ler. Neste caso, a história centra-se no livro de Jane Eyre.

O Leitor de Bernhard Schlink


Apesar de ser uma história mais focada na relação entre um jovem uma uma mulher mais velha, os livros também acabam por asusmir um papel relevante, especialmente no que diz respeito ao segredo de Hanna e à própria relação que se cria entre ela e Michael.

El Club Dumas de Arturo Pérez-Reverte 


Neste caso, toda a história está centrada no livro Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas e nuns capítulos misteriosos que alguns colecionadores privados e membros de uma sociedade misteriosa procuram.

Relativamente ao livro que quero ler e que também fala sobre livros, escolho Fahrenheit 451 de Ray Bradbury, cuja sinopse deixo aqui:

O sistema era simples. Toda a gente compreendia. Os livros deviam ser queimados, juntamente com as casas onde estavam escondidos... Guy Montag era um bombeiro cuja tarefa consistia em atear fogos, e gostava do seu trabalho. Era bombeiro há dez anos e nunca questionara o prazer das corridas à meia-noite nem a alegria de ver páginas consumidas pelas chamas... Nunca questionara nada até conhecer uma rapariga de dezassete anos que lhe falou de um passado em que as pessoas não tinham medo. E depois conheceu um professor que lhe falou de um futuro em que as pessoas podiam pensar. E Guy Montag apercebeu-se subitamente daquilo que tinha de fazer... De implicações assustadoras, a forma como reconhecemos o nosso mundo naquele que é retratado em Fahrenheit 451 é impressionante.

Tenho lido bons comentários sobre este livro e o facto de fazer parte ao grupo de clássicos disotpianos desperta o meu interesse. 

Espero que tenham gostado :)

Até ao próximo post!  

   
  
 

4 comentários:

Fiacha disse...

Olá,

Mais uma tag interessante e as duas primeiras escolhas estão excelentes :D

Li ainda o Fahrenheit 451 de Ray Bradbury e gostei mais so Algo Maligno Vem Ai do escritor, mas sim um livro interessante ;)

Bjs e boas leituras

Ana Costa disse...

Olá :)

Queria explorar as obras de Ray Bradbury. O Fahreinheit acaba por ser quase leitura obrigatória, mas gostaria também de ler outros livros seus.

Bjs

Rosana Maia disse...

Olá :)

Tenho os dois primeiros livros para ler em casa :). E confesso que vê-los aqui dá-me ainda mais vontade de os começar a ler. :)
Boas leituras

Rosana
http://bloguinhasparadise.blogspot.pt/

Ana Costa disse...

Olá Rosana,

Eu adorei esses livros, são mesmo muito bons, por isso recomendo-tos vivamente!

Boas leituras

Enviar um comentário